180 Followers
6 Following
andrenobrega

Omnilogikos: literati

I'll post here all the book related content that I usually share on my blog, be it comments, reviews, quotes or whatever else.

Currently reading

L'Assommoir (The Dram Shop)
Robin Buss, Émile Zola
Dicionário de Lugares Imaginários
Carlos Vaz Marques, Ana Falcão Bastos, Alberto Manguel, Gianni Guadalupi
Progress: 60/1040 pages

Coisas Que Acarinho E Me Morrem Entre Os Dedos de Dulce Maria Cardoso (DN Contos Digitais #11)

Coisas Que Acarinho E Me Morrem Entre Os Dedos (DN Contos Digitais #11) - Dulce Maria Cardoso

Um conto absolutamente contemporâneo, aparentemente escrito para o leitor dos dias de hoje, que, sob o manto de referências à internet na nossa vida e à televisão, mesmo as notícias, como distracção dos nossos problemas, trabalha principalmente a nossa expectativa e a forma como reagimos a ela e ao medo da sua violação. Isto visto em relação ao Bangladesh - "When's Bangladesh going to disappear?" - à pesquisa na internet e criação de uma ideia de algo antes de o conhecer - "(...) Podia ser só uma questão de estilo. Mas quis acreditar que não e li como se fosse verdade" - à vontade de criar uma boa primeira impressão e à falta de vontade de arriscar um encontro em condições menos que perfeitas (todas?) - à insegurança em relação a mudanças, à procura de soluções fáceis ainda que superficiais e disfarçadas, à vontade de desistir. É, no fundo, um conto sobre uma pessoa e o que lhe passa pela cabeça no decorrer do seu dia a dia, num equilíbrio entre a vontade de conhecer e o medo do desconhecido, da desilusão e da possibilidade de perda. A contraposição entre os dois psicólogos é também inteligente neste contexto - um referindo-se mais ao abismo vertiginoso do auto-(des)conhecimento e o outro à dor do contraste com os outros, que, superficialmente, como quem vê de fora, nos parecem melhores e nos magoam talvez por tornarem tão claros os defeitos que vemos em nós - e é fechada com chave de ouro com a decisão de controlar os ataques de pânico com químicos que, embora não lhe resolvam a origem do problema, pelo menos não a desiludem com outra tentativa de explicação metafórica das suas emoções.Identifiquei-me muito com a personagem e claramente gostei muito da leitura, mas continuo com a sensação que esta história tem mais para dar, com uma leitura mais atenta que a minha. Nunca li nada de Dulce Maria Cardoso. Talvez seja altura de começar.

 

Os meus comentários a todos os contos da colecção estão publicados no meu blog.

Source: http://omnilogikos.blogspot.pt/2013/01/contos-digitais-do-diario-de-noticias_8.html